Saiba como perdi 18 kg usando SOMENTE estas receitas

Olá, meu nome é Fátima de Souza e eu vim contar como consegui perder peso em muito pouco tempo! Antes disso eu preciso contar como cheguei até aqui. Bom, depois que completei 42 anos entrei em uma fase muito solitária e complicada da minha vida. Meus dois filhos já tinham saído de casa e eu recentemente tinha me divorciado.

 

Depois de quase 20 anos casada e com os filhos em casa, de repente me vi sozinha no meu apartamento apenas com os meus dois cachorros. Foi realmente muito difícil para mim, pois eu não tinha mais companhia durante os dias.

A minha rotina se transformou completamente, eu passei a ficar na frente da televisão, jogando candy crush no celular e comendo. Era assim que eu passava meus dias. Desenvolvi uma grave compulsão alimentar nesse período.

Eu passei a não querer mais sair de casa, eu não me sentia bem e muito menos bonita. Independente da roupa que eu usasse, eu sentia que ela não me caía bem. Eu comecei a me sentir muito envergonhada com o meu corpo e me culpando por ter causado tamanho estrago em mim mesma. Passei a me fechar cada vez mais, vivendo na minha rotina de ficar em casa comendo.

Um dia recebi visita da minha filha mais nova, que recentemente havia saído de casa para cursar nutrição em uma universidade pública de outra cidade. Era dia das mães e ela queria passar um tempo comigo. Eu me emocionei muito com a visita dela e lembro de ter chorado muito, dizendo que não queria ser aquela mãe carente que depende dos filhos para viver.

Eu realmente fiquei envergonhada de ter ganhado colo da minha filha de 19 anos, quando na verdade eu que deveria guiar ela e sempre apoiar incondicionalmente. Eu senti que os papéis estavam completamente invertidos, mas quem disse que os mais velhos não aprendem com os mais novos? Minha filha, que se chama Mariana, foi muito compreensiva comigo e prometeu que iria me ajudar a recuperar a minha auto estima e eu voltaria a ser quem eu era antigamente.

Mariana me aconselhou a buscar ajuda médica, pois a minha compulsão alimentar poderia ter desenvolvido algum problema de colesterol ou de coração. Eu nunca vou conseguir botar em palavras o que ganhar o colo da minha filha significou pra mim, mas só de pensar que ela acreditava que eu poderia voltar a ser feliz, já foi o suficiente para eu tentar.

Na semana seguinte à visita da minha filha, consultei um clínico geral para saber como eu estava de saúde. Eu engordei 21 quilos nessa rotina destrutiva de ficar jogada no sofá o dia inteiro na frente da televisão. Foi o segundo choque de realidade que tive. Aquela não era eu, eu não me reconhecia mais com aquele corpo e eu deveria mudar. Não por quê minha filha acreditava em mim, mas porque eu merecia viver e ser feliz.

Por indicação de Mariana, consultei uma nutricionista profissional. Contei pra ela meu histórico e como a compulsão alimentar havia mudado a minha vida completamente. A nutricionista conversou sobre eu começar uma dieta, mas não só começar, mas encarar um estilo de vida completamente diferente. Para o meu caso, uma dieta mais restritiva era o ideal para mim, já que eu havia ganhado muito peso em pouquíssimo tempo, a ideia era eu perder peso em menos tempo ainda.

Foi assim que conheci a dieta cetogênica. Nessa dieta eu reduziria muito a quantidade de carboidratos consumidos por dia e comer mais proteínas e gorduras. Ela me explicou que seria difícil, mas que eu deveria tentar sem me culpar se não conseguisse seguir. No final da consulta, a nutricionista me deu uma lista com alimentos que eu não poderia comer.

No começo fiquei bastante frustrada, pois a nutricionista só me disse o que eu não deveria comer. Foi bem difícil, até por que eu já não tinha mais criatividade para fazer minhas receitas. Todos os dias eu acabava comendo ovo pois eu não sabia o que fazer para comer. Acabei ligando para minha filha, muito frustrada já que uma dieta só de ovo é muito complicado de seguir.

Ela me respondeu para ficar tranquila e que daria um jeito nisso. Pouco tempo depois ela me mandou uma mensagem com um link. Eu estranhei e perguntei o que era. Ela disse que seria uma forma de eu não ficar frustrada mais e que era seguro eu abrir o link. Abri o link e encontrei um livro de 200 receitas cetogênicas. No começo fiquei com bastante medo de comprar, mesmo ele estando com um preço bem acessível. Chamei minha filha e ela disse que eu poderia confiar, que o site era protegido contra golpes e que eu poderia colocar o meu cartão de crédito que ele não seria clonado nem nada do tipo.

 

Por necessidade eu acabei comprando o livro, mas a verdade é que foi um dos melhores investimentos que fiz por mim mesma nos últimos tempos! Assim que confirmei a compra no site o livro já estava disponível. Bom, eu fiquei encantada com as receitas, eu mal acreditava que passei uma semana inteira comendo ovo e que eu não precisava mais fazer isso.

Eu sempre amei doces e assim que abri o livro já fui procurar se tinha receita de doces. Achei uma receita de pudim e resolvi testar. Eu fiquei muito feliz com o resultado! Comecei a seguir as receitas diariamente e eu melhorei muito a minha alimentação desde que comecei a cozinhar. Cozinhar para mim mesma foi o maior ato de amor próprio que eu já fiz e fazer isso com prazer então? Nem se fala.

Em um mês seguindo a dieta (que ficou bem mais fácil) eu perdi 18 kg! Em 30 dias seguindo a cetogênica direitinho, fazendo todas as receitas exatamente como tava no livro, eu consegui perder quase todo o peso que tinha ganhado. A volta na nutricionista foi muito emocionalmente pra mim, apesar dela não ter me orientado muito bem sobre o que fazer.

Antes e depois com um mês de dieta

Quando eu comecei a dieta eu pesava 84 quilos, hoje, após 8 meses seguindo a dieta, eu peso 58 quilos. A minha vida mudou completamente. Eu nunca imaginei que conseguiria chegar onde estou. Nunca foi fácil, se eu consegui eu tenho certeza que você consegue também. Sabe por que? Porque é muito fácil perder peso comendo bem. Eu nunca teria conseguido perder peso se tivesse continuado comendo ovo, na verdade eu acho que teria enlouquecido kkk.

Como funcionou a minha dieta?

Todos os dias eu seguia as receitas do livro digital, que não são poucas. Eram 200 receitas cetogênicas, bem o que eu precisava mesmo. O livro tem quase 50 receitas de sobremesas, então imagina a minha felicidade kkkk. Bom, todos os dias eu tentava ao máximo não alterar as receitas, o que não era nada difícil, já que as receitas são super simples. Eu sempre achei que para seguir dieta eu precisaria de ingredientes absurdos que não encontraria no mercado, mas a melhor parte desse livro é que ele parece entender que uma mulher como eu não vai conseguir comprar um condimento super raro. Por exemplo, o pudim, que foi a primeira receita que eu fiz, eu tinha todos ingredientes em casa. Super fácil mesmo, olha só que lindo que ele ficou!

O livro traz várias receitas, de almoço e janta, lanches e sobremesas, então dá para variar bastante. Tem uma receita de pizza que é uma das minhas favoritas, eu sempre faço quando meus filhos vem me visitar e eles amaram.

Eu até esqueci de mencionar, alguns dias depois recebi na minha casa uma amostra grátis de um suplemento, que me ajudou bastante durante a minha dieta. O nome era Cetogen Caps e pelo que vi no site era um brinde bem limitado. A melhor parte é que não paguei nada a mais para receber ele em casa. Coisa boa ganhar brinde né? Eu adoro.

Se você quiser conhecer mais sobre as 200 receitas cetogênicas que eu usei, ele está disponível clicando aqui .

Ele tá com 70% de desconto, mas é limitado até sexta-feira, então garante já a tua dieta e perca peso sem deixar de comer bem.

 

6 respostas para “Saiba como perdi 18 kg usando SOMENTE estas receitas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *