BLOG ANA LIDIANE

[RELATO] Meu Depoimento Real sobre a Cetogênica e o Jejum Intermitente

Escrito por: Ana Lidiane

Publicado há 17 horas.

Oi meninas, tudo bem?
Vocês se interessaram em saber mais sobre a Cetogênica e o Jejum Intermitente?

Olá, meu nome é Ana Lidiane e eu vim contar como consegui perder peso em muito pouco tempo! Antes disso eu preciso contar como cheguei até aqui.

Bom, depois que completei 42 anos entrei em uma fase muito solitária e complicada da minha vida. Meus dois filhos já tinham saído de casa e eu recentemente tinha me divorciado.

Depois de quase 20 anos casada e com os filhos em casa, de repente me vi sozinha no meu apartamento apenas com os meus dois cachorros. Foi realmente muito difícil para mim, pois eu não tinha mais companhia durante os dias.

A minha rotina se transformou completamente, eu passei a ficar na frente da televisão, jogando candy crush no celular e comendo. Era assim que eu passava meus dias. Desenvolvi uma grave compulsão alimentar nesse período.

Eu passei a não querer mais sair de casa, eu não me sentia bem e muito menos bonita. Independente da roupa que eu usasse, eu sentia que ela não me caía bem. Eu comecei a me sentir muito envergonhada com o meu corpo e me culpando por ter causado tamanho estrago em mim mesma. Passei a me fechar cada vez mais, vivendo na minha rotina de ficar em casa comendo.

Um dia recebi visita da minha filha mais nova, que recentemente havia saído de casa para cursar nutrição em uma universidade pública de outra cidade. Era dia das mães e ela queria passar um tempo comigo. Eu me emocionei muito com a visita dela e lembro de ter chorado muito, dizendo que não queria ser aquela mãe carente que depende dos filhos para viver.

Eu realmente fiquei envergonhada de ter ganhado colo da minha filha de 19 anos, quando na verdade eu que deveria guiar ela e sempre apoiar incondicionalmente. Eu senti que os papéis estavam completamente invertidos, mas quem disse que os mais velhos não aprendem com os mais novos? Minha filha, que se chama Mariana, foi muito compreensiva comigo e prometeu que iria me ajudar a recuperar a minha auto estima e eu voltaria a ser quem eu era antigamente.

Mariana me aconselhou a buscar ajuda médica, pois a minha compulsão alimentar poderia ter desenvolvido algum problema de colesterol ou de coração. Eu nunca vou conseguir botar em palavras o que ganhar o colo da minha filha significou pra mim, mas só de pensar que ela acreditava que eu poderia voltar a ser feliz, já foi o suficiente para eu tentar.

Na semana seguinte à visita da minha filha, consultei um clínico geral para saber como eu estava de saúde. Eu engordei 21 quilos nessa rotina destrutiva de ficar jogada no sofá o dia inteiro na frente da televisão. Foi o segundo choque de realidade que tive. Aquela não era eu, eu não me reconhecia mais com aquele corpo e eu deveria mudar. Não por quê minha filha acreditava em mim, mas porque eu merecia viver e ser feliz. Me consultei também com um psicólogo, não vou entrar muito nessa assunto mas enfim, precisava cuidar do corpo mas também da mente.

Bom, exames feitos, tudo encaminhado para cuidar da saúde, da mente, agora era hora de cuidar da “casca”, ou seja, do meu corpo, minha estética.

Eu estava procurando algo pra secar de forma natural.. sem tomar nenhum tipo de capsula!
Isso era o mais importante para mim.. que fosse uma redução saudável!

Foi quando descobri o Jejum Intermitente e a Dieta Cetogênica.
No início tive muita dificuldade em aprender como fazer as duas estratégias juntas, as informações que achava na internet eram muito confusas. Com o tempo eu fui aprendendo na marra.. Conversando com pessoas que faziam a e colhendo uma informação aqui, outra ali..

Enfim, consegui engrenar um protocolo onde eu conseguia ter consistência (ou seja, eu conseguia fazer tudo certo sem sair da dieta!)

Comecei a secar.. Você acredita que consegui voltar para os 62kg? Isso que estava com quase 80kg.
Enfim, não estava apenas ‘fazendo dieta’ e sim adotando um novo estilo de vida. Estilo de vida do Jejum e da Ceto.

No começo é tudo novo e mil maravilhas, depois de um tempo… fica melhor ainda rsrsrs.
Digo isso pois o corpo começa a se acostumar, com a Ceto, acabamos sentindo muita saciedade e fica muito mais fácil praticar o Jejum Intermitente. 

Mas o melhor eu ainda não te contei… Sabe todo aquele esforço que eu tive no início para prender tudo sobre esses protocolos?

Eu havia feito um grupo no whatsapp onde inicialmente eu e minhas amigas conversávamos com sobre isso. O grupo acabou crescendo muito, e hoje nem cabe mais ninguém lá, lotou!

Um dia desses eu comprei um livro de receitas cetogênicas (que inclusive me ajudou MUITO a me manter no foco já que eu não aguentava mais comer ovo). 

Como eu e as meninas do grupo estávamos tendo muita dificuldade para ajudar as meninas iniciantes do grupo, acabamos entrando em contato em nome do Grupo com o pessoal desse livro de Receitas, e pedimos para que eles desenvolvessem um KIT contendo um material informativo COMPLETO sobre Jejum Intermitente e a Cetogênica

A ideia era que as informações fossem compiladas e entregues de forma organizada, para quem não conhece, ou conhece pouco, ou até mesmo conhece mas quer descobrir tudo sobre como executar corretamente os protocolos.

E vcs acreditam que eles toparam? 

Conseguimos tudo isso com um preço muito bacana para o grupo, mas eu pedi para eles liberarem com desconto para minhas leitoras do blog também, eu não sei por quanto tempo o desconto vai ficar no ar, mas já me avisaram que o desconto valeria por pouquíssimo tempo

✅ Guia da Cetogênica
✅ Guia do Jejum Intermitente

No kit explica tudo de forma simples o que eu sofri para aprender. E você pode opcionalmente adquirir também o e-book: “200 Receitas Cetogênicas” para variar o cardápio desde o início com as Receitas, evitando que enjoe dos alimentos e saia da dieta.
Clique no botão abaixo para saber mais.