Cetogênica




A Cetogênica é conhecida por sua ingestão baixíssima em carboidratos, e alta em gordura. Isso aliado às proteínas causa um efeito no corpo chamado de Estado de Cetose.

A Ceto foi descoberta anos atrás, quando era usada para outra finalidade. Foi observado que os pacientes submetidos a ela acabam baixando muito o percentual de gordura, e assim, começou a ser utilizada para tal.

Em outras palavras a Cetogênica usa a gordura do nosso corpo como fonte de energia, trazendo assim a tão sonhada queda no ponteiro da balança. Mas vamos entender exatamente como ela funciona, como colocá-la em prática, e de forma efetiva acabar com os pneuzinhos.

Como Fazer a Cetogênica

Para começar, o carboidrato total da estratégia alimentar deve se limitar a apenas 10 a 15% das calorias diárias. Funciona de forma parecida com a Low Carb, mas na Ceto, o carbo é cortado ainda mais, e a gordura entra para compensar.

O que Comer e o Que Não Comer?

Alimentos permitidos:

  • Carne;
  • Peixes;
  • Ovos;
  • Embutidos como presunto, linguiça e bacon;
  • Azeite, óleos, manteiga e margarina;
  • Queijos;
  • Creme de leite;
  • Iogurtes sem açúcar;
  • Amendoim, nozes, avelã e castanhas;
  • Frutas;
  • Legumes e verduras;
  • Linhaça, chia e girassol;
  • Maionese e mostarda.

Alimentos proibidos:

  • Arroz;
  • Macarrão;
  • Milho;
  • Feijão, soja, ervilha e grão-de-bico;
  • Farinha de trigo e de aveia;
  • Pão e torradas;
  • Batatas;
  • Bolos, doces, biscoitos e chocolate;
  • Açúcar e adoçantes;
  • Achocolatado em pó;
  • Leite;
  • Iogurtes com adição de açúcar;
  • Pizza, lasanha e comidas congeladas em geral.

Contraindicações:

Nenhuma alteração na dieta é indicada sem acompanhamento profissional. Além disso, a Ceto é totalmente contra-indicada para:

  • Pessoas com mais de 65 anos;
  • Pessoas com histórico de problemas como insuficiência hepática ou renal, doenças cardiovasculares e AVC;
  • Pessoas em tratamento com medicamentos à base de cortisona.

Dados os avisos, vamos aos Benefícios da Ceto:

  • Diminui os inchaços;
  • Rápida redução de medidas;
  • Detox;
  • Promove sensação de saciedade;
  • muito mais…

Cardápio Cetogênico

Recebemos muitos e-mails e comentários solicitando sugestões de cardápios.
Eu criei e vou colocar abaixo as minhas sugestões, mas eu sugiro fortemente que você de uma olhada no 200 Receitas Cetogênicas.

Vai te ajudar a ficar 100% no foco, já que traz versões Cetogênicas das comidas que costumamos sentir falta durante o protocolo. Além disso, caso você prefira, da para adquirir junto com ele um Guia Completo da Cetogênica (que foi onde eu aprendi tudo o que eu sei sobre ela).

Mas enfim, vamos ao que interessa, minha sugestão do cardápio:

  • Café da manhã: 
  • 3 ovos mexidos com peito de peru e manteiga;
  • Ou com presunto e queijo;
  • Ou com frango desfiado e requeijão;
  • Ou com bacon
  • Lanche da manhã: 
  • Um punhado de castanhas, amendoim;
  • Ou pasta de amendoim;
  • Ou presunto e queijo enroladinhos;
  • Ou abacate;
  • Almoço: 
  • 2 bifes + brócolis temperado com azeite de oliva;
  • Ou filé de frango grelhado + salada de miz de folhas temperada com azeite;
    Ou filé de salmão grelhado com linhaça dourada + aspargos refogados temperados com azeite;
  • Lanche da tarde: 
  • uma porção de morangos + 1 xícara de chá de hibisco com canela (sem açúcar);
  • Ou morangos com creme de leite;
    Ou fatias de queijo minas;
  • Jantar: mesmas dicas do almoço.

Bom, é isso meninas, trarei mais posts para vocês sobre a Ceto, o próximo será sobre Receitas Cetogênicas.

Obrigado por ler até aqui, por favor, deixe sua experiência com a ceto nos comentários. Tchau, até mais.

3 respostas para “Cetogênica”

Deixe uma resposta para Marileide Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *